Paulo Marcelo Braga
A Terapia da Poesia e da Cantoria
Capa Meu Diário Textos Áudios Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
Textos

"JUMENTA"

(Assim é chamada toda vigarista

enfim, a bilé mulherada golpista.

 

A mulher fanática,

burra, mantém um "mito".

Ela quer, na prática,

e urra o que nem acredito!

 

A tal da jumenta bolsonariana

diz que deseja a volta do inelegível.

A cara de pau, nojenta, sacana

e infeliz esbraveja marmota horrível.

 

Ai de quem escuta o palavreado

de Jair Messias Bolsonaro,

que trai e, também, insulta o gado

a mugir hipocrisias, claro...

 

O derrotado, outrora, ex

presidente do Brasil, foi o mandatário

desqualificado, fora das leis,

incompetente, imbecil, boi, salafrário...

 

Ele é sexista, homofóbico

bilé, machista, xenofóbico.

Apesar de tudo, tem alguma mulher

a adorar o chifrudo que nem a quer.

 

Qualquer uma "jumenta" bolsonarista

vive falando que está pronta para, afinal,

o que der e vier e enfrenta, um jurista,

inclusive, pagando uma conta cara, judicial...

 

Bolsonaro criou uma seita, na qual

até mulher, por ele tão discriminada,

claro, já falou que aceita a irracional

má-fé que vier dele de "mão beijada"...

 

Várias delas já estão "pagando o pato" pelo mito, devido estarem trancadas, pelo rito sujo feito, em judiciárias celas, silenciando o caricato grito, oferecido, pelas alienadas, ao dito cujo sujeito...

 

"Jumenta", fanática e histérica.

Assim é chamada toda vigarista,

intriguenta, dramática, patética,

enfim, a bilé mulherada golpista.

 

"E tenho dito..."

 

Paulo Marcelo Braga

(Belém, 24/05/2024)

 

AUDIOTECA VIRTUAL POÉTICA E MUSICAL DO MARCELO
Enviado por AUDIOTECA VIRTUAL POÉTICA E MUSICAL DO MARCELO em 23/05/2024
Comentários